Renseignements

  • Dernière connexion: Il y a 4 jours
  • Genre: Femme
  • Lieu: Maceió, Brasil
  • Contribution Points: 532 LV4
  • Anniversaire: August 09
  • Rôles:
  • Date d'inscription: octobre 21, 2018
Complété
Live Your Strength
6 personnes ont trouvé cette critique utile
par Mari
janv. 10, 2021
1 épisodes vus sur 1
Complété 0
Globalement 8.0
Histoire 8.0
Acting/Cast 9.0
Musique 10
Degrés de Re-visionnage 5.0

It's worthy of your time

First of all, please be aware that this is an advertisement short film, so there will be a focus on certain product during the film.

I have to say I was pleasantly surprised seeing Suzy took part in the screenwriting of this, especially considering how she previously mentioned writing short stories and scripts were one of her hobbies. The story itself is pretty easy to get and doesn't really go deep, although the deepness may depend on your personal interpretation and correlation with your own experiences. There's an unexpected breakup and we see young Su Ji going through every phase of it until she reaches happiness again.

What I truly enjoyed about this short film was how, even with a very little amount of lines, every feeling, whether it's anger, sadness or happiness, was perfectly portrayed and intensified with an amazing sound mixing. That last one is definitely my favorite aspect of all, because it transports you to the scene.

Overall, 'If My Things are at Your Place We're Not Over' was a great use of 12 minutes of my life and I personally liked the final message that being happy with yourself (and obviously Lancome's products haha) is enough.

Lire davantage

Cet avis était-il utile?
Complété
Dot 2 Dot
6 personnes ont trouvé cette critique utile
par Mari
avril 20, 2020
Complété 0
Globalement 9.0
Histoire 9.0
Acting/Cast 7.5
Musique 8.0
Degrés de Re-visionnage 8.0
I felt like writing a review of this movie solely because there were none and the summary does not express how interesting it actually is.

I've started watching it by chance without expecting much, but I definitely don't regret it. 'Dot 2 Dot' is a slow-paced movie about life, it portraits two completely different characters with different backstories that connect through graffiti, showing how powerful a communication without words can be. It has such a unique way of dealing with subjects like loneliness, youth and memory, it's fascinating. Besides, 'Dot 2 Dot' uses and abuses of an excellent cinemathography matched with an ost that builds up every scene.

I fell in love with it and if you are into subtle and delicate stories, I bet you will too.

Lire davantage

Cet avis était-il utile?
Complété
Goodbye, Dragon Inn
0 personnes ont trouvé cette critique utile
par Mari
janv. 8, 2024
Complété 0
Globalement 10
Histoire 10
Acting/Cast 10
Musique 10
Degrés de Re-visionnage 10

O cinema somos nós e nós somos cinema

Comecei 'Goodbye, Dragon Inn' em um completo estado de desconforto, sentia como se estivesse espiando por debaixo da porta algo que não deveria ver. Mas, antes que pudesse perceber, o filme me trouxe um poço de calmaria e eu já fazia parte daquilo tudo mesmo sem saber.

Um filme em que pouco se fala, mas muito se diz. O ritmo das pessoas nos espaços é o coração pulsante do cinema. Cada passo, respiração, mastigação ou resquício de som vindo do cinema nos traz a ideia de um organismo vivo, de um corpo em funcionamento. Um corpo que está sempre lá e não nos abandona em nenhum momento do filme. Um corpo que existe mesmo que ninguém mais lembre do que um dia já foi, porque alguém permanece ali. Um corpo igual porém sempre diferente.

A maneira como o filme conecta os trechos de falas do Dragon Inn (1967) em exibição com as cenas do cinema me tocou profundamente e foi aí que refleti sobre a vida e como tudo sempre é um fluxo. Um constante estar, viver e lembrar. Nós vivemos desse ciclo e o cinema também.

Pra mim, essa é uma história sobre o cinema, sobre pessoas, sobre a vida, sobre memória e também sobre nada. E que história linda.

Lire davantage

Cet avis était-il utile?
Complété
Descendants of the Sun
0 personnes ont trouvé cette critique utile
par Mari
mars 11, 2021
16 épisodes vus sur 16
Complété 0
Globalement 7.5
Histoire 7.0
Acting/Cast 9.0
Musique 8.0
Degrés de Re-visionnage 5.0
Cette critique peut contenir des spoilers
"Descendentes do Sol" esteve na minha lista de "Sem Interesse" praticamente desde o seu lançamento, mas quando ele estreou na Loading, eu resolvi dar uma chance pela graça de assistir um drama na TV aberta. E ainda bem que eu fiz isso.

Desde o primeiro episódio, eu fui fisgada pelo drama e sempre ficava empolgada para o próximo episódio, em nenhum momento a história se tornou enfadonha. Mas isso também não significa que ela é perfeita.

Eu não consigo encontrar uma palavra melhor pra definir DOTS do que brega, as piadas, cantadas e cenas são todas bregas, mas justamente por isso, ele se torna divertido. O embate de egos dos protagonistas foi um charme especial nesse drama, amei como em nenhum momento houve uma crise de algum dos lados por alguém se achar insuficiente ou não merecedor um do outro, eles eram incríveis, se achavam incríveis e achavam um ao outro incríveis também. E os charmes não acabam em Mo Yeon e Shi Jin, todo o elenco secundário brilha a sua própria maneira e, pessoalmente, eu até prefiro o segundo casal em muitos momentos. Agora onde eu penso que Descendentes do Sol falha? No desenvolvimento da história, das secundárias, sendo mais específica. Ao assistir, é muito fácil se perder nas histórias dos casais e não notar tanto as brechas no roteiro, mas elas existem aos montes. Praticamente todas as histórias dos acontecimentos em Uruk não tem uma conclusão, o problema surge, a mocinha é salva e morre aí, a história é completamente esquecida. Para onde aqueles personagens foram? O que aconteceu com as outras vítimas? E os "vilões" que restaram? Não há uma resposta e isso é um pouco frustrante.
[SPOILER EP 16] Na reviravolta final, eu também não encontrei muita justificativa para o tempo de 1 ano se a prisão só durou em torno de 150 dias, mas nessa questão, dou um desconto pra que a cena do aniversário pudesse existir. [FIM DO SPOILER]

Em conclusão, essa review pode estar quase 5 anos atrasada, mas eu altamente recomendo DOTS para quem, assim como eu, ainda não assistiu até hoje. É brega, é bobo, tem umas falhas de roteiro, mas vai definitivamente ser divertido.

Lire davantage

Cet avis était-il utile?